Contra o Tempo (Source Code/ 2011)

Assistido em 04/09/2013

Contra o Tempo é dirigido por Duncan Jones, que já havia feito o incrível Lunar e aqui se estabelece como um nome forte da ficção científica cinematográfica mais recente.

No filme, o soldado Colter Stevens (Jake Gyllehaal) está no corpo de outro homem, chamado Sean, dentro de um trem, sentado em frente a uma moça, Christina (Michelle Monaghan). Após oito minutos há uma explosão e ele volta ao seu corpo, apenas para perceber que está preso dentro de uma cápsula e tem comunicação somente com Colleen Goodwin (Vera Farmiga). Goodwin lhe explica que de manhã houve uma explosão em um trem e todos os passageiros morreram e ele terá que voltar ao corpo de Sean até conseguir identificar o responsável, já que sabe-se que haverá um segundo atentado.

A tensão se constrói em um crescendo de forma extremamente eficiente e as informações vão sendo passadas ao expectador aos poucos, ao mesmo tempo em que Colleen informa Colter. Como em um Feitiço do Tempo, ele revisita sempre a mesma sequência inicial de ações, tentando criar padrões diferentes e gerando ansiedade em relação ao que vai conseguir fazer. A cada retorno Colter tem apenas os últimos oito minutos de vida de Sean para agir.

Acredito que a motivação romântica do personagem seja desnecessária, mas não é incômoda. Seria mais corajoso se não houvesse o final relativamente feliz. Ainda assim é uma película muito boa: intensa e prazerosa de assistir.

source-code-poster

Share