Negócio Arriscado (Risky Business/ 1983)

Assistido em 01/05/2013

Decidi ver esse filme só por causa da cena abaixo. Já a conhecia por causa de uma “comédia romântica clássica” (ou não) da minha geração, Nunca Fui Beijada. (Pois é…). Qual não foi minha surpresa quando descubro que a dita cena acontece com menos de dez minutos de filme! Os pais do protagonista, Joel (Tom Cruise) viajam e ele resolve aproveitar a casa num momento Esqueceram de Mim. As semelhanças com Curtindo a Vida Adoidado também são grandes, embora ele seja anterior.

E daí pra frente o filme é um desastre com roteiro saído do sonho onanístico de um rapaz de 16 anos. Muitos filmes nos 80 abordaram a obsessão de adolescentes (homens) por perder a virgindade. Esse é mais um deles. Joel está preocupado com seu futuro, a universidade e também com a virgindade. Depois de uma secessão de acontecimentos acaba com uma jovem garota de programa, Lana, em sua casa. Lana só pode ter saído de uma fantasia masculina: é bonita, educada, pode tranquilamente ser apresentada aos pais e ainda gosta suficientemente do com rapaz para não cobrar dele os valores devidos. Eles resolvem faturar em cima dos amigos dele (e dela), trazendo dez colegas de trabalho dela para trabalhar ao longo da noite para os adolescentes. Impressiona que com os valores citados no filme, após a noite inteira, cada moça ganhou apenas 200 dólares. Vamos falar sobre exploração de seres humanos… O final aberto dá a entender que abusando outros seres humanos, Joel tem um futuro brilhante pela frente. Embora tente parecer uma versão séria e intimista desses filmes da época, no final é só um bocado deprimente. Mas a trilha sonora de Tangerine Dream é muito boa.

Share
Category: Cinema | Tags: , ,