Tag Archives: listas

#52FilmsByWomen ano 3: a conclusão

Chego ao fim do meu terceiro ano de desafio #52FilmsByWomen (ou 52 Filmes por Mulheres). Comecei em 1º de outubro de 2015 e quanta coisa mudou de lá pra cá. Na minha vida pessoal, comecei um doutorado, com pesquisa em gênero (como no mestrado) e mudei de estado, dando continuidade ao meu nomadismo. Três anos atrás eu sentia que precisava conhecer mais obras cinematográficas com autoria feminina. O desafio, que consiste em assistir a um filme dirigido por uma mulher por semana durante um ano, totalizando 52, caiu como uma luva. Depois disso, em 2016, criei o Feito por Elas e a demanda por filmes dirigidos por mulheres se tornou ainda maior. Isso se reflete no resultado do desafio: no primeiro ano foram 72 longas assistidos, no segundo foram 91 e nesse terceiro fora (socorro!) 147. No total foram 310 filmes em três anos, número que sobe para 342 se computados os curtas-metragens.

Alguns dos filmes desse ano foram assistidos duas vezes nesse período e computados apenas uma vez, com Visages Villages (2017, Agnès Varda), Praça Paris (2017, Lúcia Murat) e As Boas Maneiras (2017, Juliana Rojas e Marco Dutra). Outros foram revisões, muitos deles para podcasts, como Orlando (1992, Sally Potter), Operação Cupido (The Parent Trap, 1998, Nancy Meyers), Aquário (Fish Tank, 2009, Andrea Arnold), Tomboy (2011, Céline Sciamma) Precisamos Falar sobre o Kevin (We Need To Talk About Kevin, 2011, Lynne Ramsay) e Money Monster (2016, Jodie Foster), entre outros

Esse ano pude conhecer mais dos trabalhos de Andrea Arnold e Lynne Ramsay, que passaram a integrar a listinha de minhas diretoras preferidas. Pude entrevistar Juliana Rojas, Gabriela Amaral Almeida e Fernanda Pessoa, cineastas incríveis. Também conheci mais de Kelly Reichardt, Dee Rees e Deepa Mehta. Revi filmes que me marcaram e conheci novos. Sigo com o desafio rumo a 2019, porque o que ele me proporciona é uma diversidade de narrativas que eu não acessava antes de fazê-lo.

Novamente vou listar aqui os 15 filmes que mais gostei de ter visto pela primeira vez. Estão ordenados cronologicamente, porque sou incapaz de ranqueá-los. Como algumas diretoras se destacaram no meu coração, também optei por só incluir um de cada uma (Varda é uma exceção mas ela pode).

Melhores filmes (ordem cronológica):

As Duas Faces da Felicidade (Le Bonheur, 1965), de Agnès Varda

Earth (1998), de Deepa Mehta

O Lixo e o Sonho (Ratcatcher, 1999), de Lynne Ramsay

Megane (2007), de Naoko Ogigame

Lírios d’água (Naissance des pieuvres, 2007), de Céline Sciamma

Wendy and Lucy (2008), de Kelly Reichardt

Docinho da América (American Honey, 2016), de Andrea Arnold

Professor Marston e as Mulheres-Maravilhas (Professor Marston and the Wonder Women, 2017), de Angela Robinson

Mulheres Divinas (Die göttliche Ordnung, 2017), de Petra Biondina Volpe

Lady Bird: A Hora de Voar (Lady Bird, 2017), de Greta Gerwig

As Boas Maneiras (2017), de Juliana Rojas e Marco Dutra

A Festa (The Party, 2017), de Sally Potter

Animal Cordial (2017), de Gabriela Amaral Almeida

Marvin (Marvin ou la belle éducation, 2017), de Joan Fontaine

O Conto (The Tale, 2018), de Jennifer Fox

Melhores documentários:

Os Catadores e Eu (Les glaneurs et la glaneuse, 2000), de Agnès Varda

Le Bleus: une autre histoire de France (2016), de Sonia Dauger e David Dietz

Lampião da Esquina (2016), de Lívia Perez

Meu Corpo, Minha Vida (2017), de Helena Solberg

Visages, Villages (2017), de Agnès Varda 

Operações de Garantia da Lei e da Ordem (2017), de Júlia Murat

Histórias que Nosso Cinema (Não) Contava (2017), de Fernanda Pessoa

Bombshell: The Hedy Lamarr Story (2017), de Alexandra Dean

Chega de Fiu-Fiu (2018), de Fernanda Frazão e Amanda Kamancheck

O Processo (2018), de Maria Augusta Ramos

Mais uma vez essa foi ótima experiência. A lista completa de filmes vistos esse ano está disponível no Letterboxd, assim como as lista do primeiro e do segundo ano. O mesmo ocorre com a avaliação do primeiro e do segundo ano aqui no Estante da Sala. Que venha o ano quatro!

Share
Category: Cinema | Tags: ,

Filmes assistidos em Abril

Foi-se um terço do ano. Assustador, não é? Esse mês trabalhei pesado em um artigo, comecei uma disciplina, adiantei uns filmes para gravações futuras e fui a pouquíssimas cabines. Vida que segue, abaixo estão os filmes assistidos durante o mês com links para as postagens e notas subjetivas.

Helena Ignez

A Miss e o Dinossauro (2005) ★★★★

Canção de Baal (2007) ★★★

O Bandido da Luz Vermelha (1968) ★★★½

Luz nas Trevas: A Volta do Bandido da Luz Vermelha (2010) ★★★½

Feio, Eu? (2013) ★★½

Ralé (2016) ★★★½

A Garota do Calendário (2017) ★★★½

 

Liv Ullmann para Feito por Elas 

Encontros Privados (Enskilda samtal, 1996) ★★½

Infiel (Trolösa, 2000) ★★★

Miss Julie (2014) ★★★½

 

Céline Sciamma para Feito por Elas

Lírios d’água (Naissance des pieuvres, 2007) ★★★★

Tomboy (2011) ★★★★½

 

Nancy Meyers para Feito por Elas

Do Que as Mulheres Gostam (What Women Want, 2000) ★★★

Simplesmente Complicado (It’s Complicated, 2009) ★★½

Operação Cupido (The Parent Trap, 1998) ★★★½

 

52 Films by Women

Madame (2017) ★★★

 

Todd Haynes

Longe do Paraíso (Far From Heaven, 2002) ★★★★½

Mal do Século (Safe, 1995) ★★★★

 

Lançamentos

Deixe a Luz do Sol Entrar (Un Beau Soleil Intérieur, 2017) ★★★

Um Lugar Silencioso (A Quiet Place, 2018) ★★★★

Construindo Pontes (2017) ★★★½

Baronesa (2017) ★★

Wild Wild Country (2018) [minissérie] ★★★½

The Rachel Divide (2018) ★★★½

 

Demais

O Monstro da Lagoa Negra (Creature from the Black Lagoon, 1954) ★★★½

Linha de Montagem (1982) ★★★★

Grande Hotel (Grand Hotel, 1932) ★★★½

 

27 filmes assistidos

Share
Category: Cinema | Tags:

Filmes assistidos em março

Que mês foi esse, minha gente? Teve muita gravação de podcast, vídeo pra youtube (em breve deve ser divulgado), participei de debate no Rio de Janeiro sobre o cinema da Von Trotta e trabalhei muito com coisas do doutorado. Abril nem começou e já tem outros projetos nos planos. Infelizmente não rola descanso. Bem, seguem abaixo os filmes assistidos no mês com minha nota pessoal.

52 Films by Women

Um Dia (One Day, 2011) ★★★

Versões de um Crime (The Whole Truth, 2016) ★★★

 

Agnès Varda para Feito por Elas

As Duas Faces da Felicidade (Le Bonheur, 1965) ★★★★★

Os Catadores e Eu (Le glaneurs et la glaneuse, 2000) ★★★★

Os Catadores e Eu: Dois Anos Depois (Les glaneurs et la glaneuse… deux ans après, 2002) ★★★★

Visages Villages (2017) ★★★★★

 

Laís Bodanzky para Feito por Elas

Bicho de Sete Cabeças (2001) ★★★½

Chega de Saudade (2007) ★★★

Como Nossos Pais (2017) ★★★★

 

Julie Delpy para Feito por Elas

Dois Dias em Paris (2 Days in Paris, 2007) ★★★½

A Condessa (The Countess, 2009), ★★½

O Verão do Skylab (Le Skylab, 2011) ★★★½

Dois Dias em Nova York (2 Days in New York, 2012) ★★★

Lolo: o Filho da Minha Namorada (Lolo, 2015) ★½

 

Kelly Reichardt para Feito por Elas

Antiga Alegria (Old Joy, 2006) ★★★½

Wendy and Lucy (2008) ★★★★½

O Atalho (Meek’s Cutoff, 2010) ★★★★½

 

Margaret von Trotta

A Honra Perdida de Katharina Blum (Die verlorene Ehre der Katharina Blum, 1975) ★★★½

Das zweite Erwachen der Christa Klages (1978) ★★★★

Os Anos de Chumbo (DIer bleierne Zeit, 1981) ★★★★

Rosa Luxemburgo (1985) ★★★★

Rosenstrasse (2003) ★★★★

Ich Bin die Andre (2006) ★★

 

Oscar

Trama Fantasma (Phantom Thread, 2017) ★★★★

 

Lançamentos

A Livraria (The Bookshop, 2017), ★★

Aniquilação (Annihilation, 2018) ★★★★

Arábia (2017) ★★★★½

Jogador nº1 (Ready Player One, 2018) ★★½

 

Demais

Quiz Show (1994) ★★★½

Quatro Casamentos e um Funeral (1994) ★★★

Um Sonho de Liberdade (The Shawshank Redemption, 1994) ★★★★

Pulp Fiction: Tempo de Violência ★★★

A Teoria de Tudo (The Theory of Everything, 2014) ★★½

 

33 filmes assistidos

Share
Category: Cinema | Tags:

Filmes assistidos em fevereiro

Véspera do Oscar, estou com quatro rascunhos de críticas salvas e não escritas, desisti de fazer o desafia dos vencedores de melhor filme de todos os anos, estou com mais de uma dúzia de filmes atrasado para ver na próxima semana para projetos variados, devendo um artigo pra minha orientadora, cansada num nível que eu nem sei dizer. Mas pelo menos consegui botar as leituras atrasadas em dia, agora posso começar a atrasar as próximas D: (rindo pra não chorar). Quase não vi filmes esse mês (acho que dos listados aqui pelo menos cinco são curtas). Mas é isso, vida que segue.

Oscar:

Me Chame Pelo Seu Nome (Call Me by Your Name, 2017) ★★★★★

Ícaro (Icarus, 2017) ★★★

Strong Island (2017) ★★★

Dears Basketball (2017) ★★★

Garden Party (2017) ★★½

Lou (2017) ★★★

Negative Space (2017) ★★★★

Lady Bird: É Hora de Voar (Lady Bird, 2017) ★★★★

Uma Mulher Fantástica (Una Mujer Fantastica, 2017) ★★★★

Extraordinário (Wonder, 2017) ★★★

Roman J. Israel, Esq. (2017) ★★½

O Destino de uma Nação (Darkest Hour, 2017) ★★

Heroína(s) (Heroin(e), 2017) ★★★½

Projeto Flórida (The Florida Project, 2017) ★★★★

The Post: A Guerra Secreta (The Post, 2017) ★★★½

Corpo e Alma (Teströl és lélekröl, 2017) ★★½

Viva: A Vida é uma Festa (Coco, 2017) ★★★½

A Grande Jogada (Molly’s Game, 2017) ★★★★

The Breadwinner (2017) ★★½

 

52 Films by Women:

O Diário de Bridget Jones (Bridget Jones’s Diary, 2001) ★★★★

Orlando- A Mulher Imortal (Orlando, 1992) ★★★★½

 

Dee Rees para Feito por Elas:

Pariah (2011) ★★★★½

 

Lançamentos:

Pantera Negra (Black Panther, 2018) ★★★★

 

Demais:

Viagem das Garotas (Girls Trip, 2017) ★★★

24 filmes assistidos

Share
Category: Cinema | Tags:

Filmes assistidos em janeiro

A atriz Zhang Ziyi, de 2016, apoiada com as costas em uma parede segurando um telefone na mão enquanto olha o chão. usa um vestido justo e listrado em tons escuros, um casaco preto sobre os ombros e um relógio de pulso pequeno com pulseira fina no pulso esquerdo.

Socorro que já acabou o primeiro mês do ano! Estou com leituras atrasadas para a tese e pensando seriamente em não escrever sobre nenhum dos indicados ao Oscar dessa vez. Que peso na consciência! Falando em Oscar, resolvi fazer o desafio de ver todos os filmes vencedores na categoria “Melhor Filme” (#ProjetoBestPicture) e talvez rever uns que já vi há muito tempo. Bom, nem bem comecei e já estou falhando miseravelmente, atrasada em uns três filmes. Também voltamos das férias de gravação do Feito por Elas e por isso já começamos o ano vendo e revendo os trabalhos de algumas diretoras. Fora esses filmes listados, assisti à 4ª temporada de Black Mirror e como quase todo mundo, fiquei um pouco decepcionada. Mas vida que segue. Abaixo listo os filmes assistidos no mês com minha nota subjetiva e pessoal.

Oscar:

Eu, Tonya (I, Tonya, 2017) ★★★★

O Artista do Desastre (The Disaster Artist, 2017) ★★½

Mudbound: Lágrimas Sobre o Mississipi (Mudbound, 2017) ★★★★½

A Forma da Água (The Shape of Water, 2017) ★★★★½

Todo o Dinheiro do Mundo (All the Money in the World, 2017) ★★★

Três Anúncios para um Crime (Three Bilboards Outside Ebbing Missouri, 2017) ★★★

 

#ProjetoBestPicture

Melodia da Broadway (The Broadway Melody, 1929)  ★★

Forrest Gump: O Contador de Histórias (Forrest Gump, 1994) ★★

 

52 Films by Women:

Os Filhos da Meia Noite (Midnight’s Children, 2012) ★★★

 

Dee Rees para Feito por Elas:

Bessie (2015) ★★★½

 

Kathryn Bigelow para Feito por Elas:

Guerra ao Terror (The Hurt Locker, 2008) ★★★★

A Hora Mais Escura (Zero Dark Thirty, 2012) ★★★

Detroit em Rebelião (Detroit, 2017) ★★★★

 

Mia Hansen-Løve para Feito por Elas:

Tout est Pardonné (2007) ★★★½

O Pai dos Meus Filhos (Le Père de Mes Enfants, 2009) ★★★½

Adeus, Primeiro Amor (Un Amour de Jeunesse, 2011) ★★★★

O Que Está por Vir (L’avenir, 2016) ★★★★

 

Lançamentos:

Lou (Lou Andreas-Salomé, 2016) ★★★½

Pela Janela (2017) ★★★½

 

Documentários:

Amanda Knox (2016) ★★★½

Cuba and the Cameraman (2017) ★★★½

The Death of Marsha P. Johnson (2017) ★★★

 

Demais:

A Roda da Fortuna (The Band Wagon, 1953) ★★★★

A Cor do Dinheiro (The Color of Money, 1986) ★★★

Columbus (2017) ★★★★

120 Batimentos por Minutos (120 Battements par Minute, 2017) ★★★★

2046- Os Segredos do Amor (2046, 2004) ★★★★★

Thor: Ragnarok (2017) ★★★½

Frankenstein (1931) ★★★½

29 filmes assistidos

Share
Category: Cinema | Tags: