Os Melhores Filmes de 2013

Ao fazer essa lista percebi como vi poucos filmes desse ano! Tive dificuldades em elaborá-la, mas não por precisar deixar muitos de fora, como na lista dos 25 melhores filmes que vi esse ano e não são de 2013, e sim por ter visto tão poucos filmes bons desse período. Percebi que deixei passar o ano quase sem coisas boas. Poucos dos citados eu realmente amei. Para fins de elaboração, considerei a data de lançamento do filme no Brasil, por isso alguns filmes são, na verdade, de 2012. A lista em si pode não ser muito satisfatória, mas em partes deve-se ao fato de que só chegam a Manaus filmes do circuito comercialíssimo. Para ler as críticas completas, é só clicar no link correspondente ao filme.

beasts-of-the-southern-wild-poster

Indomável Sonhadora

Direção: Benh Zeitlin

Bela fábula carregada com doçura pela protagonista Quvenzhané Wallis.

 

 

Amour-1

Amor (Amour/ 2012)

Direção: Michael Haneke

Um retrato cruel e pungente do amor.

 

 

o-som-ao-redor

O Som ao Redor (2012)

Direção: Kleber Mendonça

Uma bela colcha de retalhos composta por pessoas, medos, barulhos e cotidiano.

 

 

star-trek-into-darkness-teaser-poster1-610x903

Além da Escuridão – Star Trek (Star Trek Into Darkness/ 2013)

Direção: J J Abrams

Divertido, emocionante, funciona para quem não acompanhava a série clássica, mas é cheio de agradinhos para quem acompanhava.

 

 

Anna-Karenina

Anna Karenina (2012)

Direção: Joe Wright

Pode não ser a melhor adaptação ou o melhor elenco, mas a direção de arte é um deleite para os olhos.

 

 

pacific rim

Círculo de Fogo (Pacific Rim/2013)

Direção: Guillermo del Toro

Pipocão com monstros e robôs gigantes, que peca em não desenvolver os humanos, mas compensa na direção eficiente dos demais elementos.

 

 

behind-the-candelabra-poster

Behind the Candelabra (2013)

Direção: Steven Soderbergh

Biografia do pianista Liberace, repleta de figurinos camp e com um ritmo delicioso.

 

 

gravity poster

Gravidade (Gravity/ 2013)

Direção: Alfonso Cuarón

Estava na hora do grande público perceber o grande diretor que Cuarón é. E ele fez isso com essa grande obra.

 

 

before-midnight-poster1

Antes da Meia Noite (Before Midnight/ 2013)

Direção: Richard Linklater

Foi como rever dois amigos que estão mais cínicos em relação à vida…

 

 

upstream_color_xlg

Upstream Color (2013)

Direção: Shane Carruth

Um sopro de frescor e ideias novas no gênero ficção científica.

 

 

Menções honrosas:

Frances Ha (2013) – Direção: Noah Baumbach

Rush (2013) – Direção: Ron Howard

The Conjuring (2013) – Direção: James Wan

Os Suspeitos (2013) – Direção: Denis Villeneuve

Prêmio Guilty Pleasure/Miss Simpatia: Jennifer Lawrence, com dois filmes:

silver linings

O Lado Bom da Vida (Silver Linings Playbook/ 2012) e

 

 

 

 

thehungergams-catchingfire

Jogos Vorazes: Em Chamas (The Hunger Games: Catching Fire/ 2013)

 

 

 

 

Bônus- Piores de 2013:

movies-the-hangover-part-iii-poster

Se Beber, Não Case! Parte III (The Hangover Part III/ 2013)

 

 

 

 

Despicable-Me-2-poster

Meu Malvado Favorito 2 (Despicable Me 2/ 2013)

 

 

 

 

THIS-IS-THE-END-Poster

É o Fim (This is the End/ 2013)

 

 

 

 

kickAss2

Kick-Ass 2 (2013)

Share

Os Melhores Livros de 2013

Essa lista não se propõe a discutir os melhores livros lançados em 2013, mas sim aqueles que eu tive o prazer de ler ao longo do ano. Para ler minha opinião completa sobre eles, é só clicar nos links.

FICÇÃO

a-cor-purpura

Aqui há um empate técnico. O primeiro que devo citar é A Cor Púrpura, escrito por Alice Walker. A trama, que conta a história de Celie, uma jovem negra e pobre que tem todas as dificuldades possíveis na vida, é, ao mesmo tempo de uma impressionante força e extrema delicadeza. Steven Spielberg dirigiu uma adaptação da obra para o cinema, mas infelizmente açucarou a trama e tirou grande parte de sua força. Mas a então novata Whoopi Goldberg está fantástica. Comento sobre ambos, livro e filme, no link acima.

 

 

homens que não amavam

O segundo que deve ser mencionado é Os Homens que Não Amavam as Mulheres, de Stieg Larsson. Por algum motivo eu tinha preconceito com esse livro antes de lê-lo. Mas ao fazê-lo o que encontrei foi uma trama investigativa instigante e uma personagem intrigante impossível de não gostar, apesar de tudo: Lisbeth Salender. Li apenas esse primeiro livro da série e pretendo dar continuidade em algum momento. Já há duas adaptações cinematográficas do livro: a primeira é sueca e a segunda é americana. Também comento a respeito das duas, além do livro, no link acima.

 

 

NÃO-FICÇÃO

moda e seu papel social(1)

Essa categoria é complicada, pois li muitos livros de áreas específicas esse ano. Devo destacar um: Fashion and Its Social Agendas: Class, Gender and Identity in Clothing, de Diane Crane. Embora em alguns trechos ele se repita, é uma belíssima compilação de dados e fatos históricos sobre o uso da vestimenta para marcação de identidades de gênero e classe, entre outras. Leitura obrigatória para quem tem interesse na temática de moda.

 

 

QUADRINHOS

fun-home-alison-bechdel-cover

Sem dúvida o quadrinho mais interessante e desafiador que li nesse ano foi Fun Home, de Alison Bechdel (a criadora do Teste de Bechdel). Trata-se de uma novela gráfica autobiográfica em que a autora lança um olhar para sua infância e suas relações familiares, especialmente com seu pai. Guardando certo distanciamento da narrativa, ela consegue construir uma obra sensacional.

Share

Os 25 Melhores Filmes de 2013 Que Não São de 2013

Este foi um ano em que assisti muitos filmes. Propus-me a escrever sobre todos que visse, mas falhei , pois a contagem já passou de duzentos, nem todos foram muito interessantes e em muitos casos faltou tempo ou vontade. Dentre esse grande número de filmes vistos, poucos realmente eram desse ano: são muitos filmes clássicos ou que deixei passar batido na infância para dar conta de cobrir nessa vida cinéfila. A proposta dessa lista é levantar os melhores filmes que vi pela primeira vez e que não são lançamentos desse ano, uma verdadeira tarefa ingrata. Acabei selecionando vinte e cinco, deixando de fora muitos que amei, com dor no coração. Não vou ranquear em nenhuma ordem de preferência: a ordem da lista é simplesmente cronológica, pela data que assisti. Para facilitar, dividirei-os grosseiramente em gêneros. E como toda lista, claro que semana que vem já vou ter mudado de ideia a respeito dela! Para ler meu comentário sobre cada um, basta clicar no link.

DRAMA

La piel que habito

A Pele que Habito (La Piel Que Habito/ 2011)

Direção: Pedro Almodóvar

 

 

 

holy motors

Holy Motors (2012)

Direção: Leos Carax

 

 

 

melancholia-movie-poster

Melancolia (Melancholia/ 2011)

Direção: Lars von Trier

 

 

 

all-about-eve-poster

A Malvada (All About Eve/ 1950)

Direção: Joseph L. Mankiewicz

 

 

 

Sunset_Boulevard_1950_Poster

Crepúsculo dos Deuses (Sunset Blvd/ 1950)

Direção: Billy Wilder

 

 

 

the red shoes

Os Sapatinhos Vermelhos (The Red Shoes/ 1948)

Direção: Michael Powell, Emeric Pressburger

 

 

 

baby jane

O Que Aconteceu Com Baby Jane? (Whatever Happened to Baby Jane?/ 1962)

Direção: Robert Aldrich

 

 

 

Oldboy-2003-poster-2

Oldboy (Oldeuboi/ 2003)

Direção: Chan-wook Park

 

 

 

barry_lyndon_ver1_xlg

Barry Lyndon (1975)

Direção: Stanley Kubrick

 

 

 

the_tree_of_life_movie_poster_01

A Árvore da Vida (The Tree of Life/2011)

Direção: Terrence Malick

 

 

 

COMÉDIA

some_like_it_hot

Quanto Mais Quente Melhor (Some Like It Hot/ 1959)

Direção:  Billy Wilder

 

 

 

ROMANCE

Gilda_04

Gilda (1946)

Direção: Charles Vidor

 

 

 

Street_Angel-poster

Anjo das Ruas (Street Angel/ 1928)

Direção: Frank Borzage

 

 

 

all-that-heaven-allows-poster

Tudo que o Céu Permite (All That Heaven Allows/ 1955)

Direção: Douglas Sirk

 

 

 

Age-Of-Innocence,-The

A Época da Inocência (The Age of Innocence/ 1993)

Direção: Martin Scorsese

 

 

 

sunrise-f-w-murnau1927

Aurora (Sunrise: a Song of Two Humans/1927)

Direção: F.W. Murnau

 

 

 

jodhaa_akbar

Jodhaa Akbar (2008)

Direção: Ashutosh Gowariker

 

 

 

An-Affair-to-Remember-poster

Tarde Demais Para Esquecer (An Affair to Remember/ 1957)

Direção: Leo McCarey

 

 

 

MUSICAL

singin_in_the_rain

Cantando na Chuva (Singin’ in the Rain/ 1952)

Direção: Stanley Donen, Gene Kelly

 

 

 

rockyhorrorpictureshow

The Rocky Horror Picture Show (1975) 

Direção: Jim Sharman

 

 

 

SUSPENSE E TERROR

rope

Festim Diabólico (Rope/ 1948)

Direção: Alfred Hitchcock

 

 

 

the thing

O Enigma de Outro Mundo (The Thing/1982)

Direção: John Carpenter

 

 

 

ALIEN_poster

Alien, o Oitavo Passageiro (Alien/ 1979)

Direção: Ridley Scott

 

 

 

rosemarys_baby_1968

O Bebê de Rosemary (Rosemary’s Baby/ 1968)

Direção: Roman Polanski

 

 

 

AÇÃO 

robocop_xlg

Robocop – O Policial do Futuro (Robocop/1987)

Direção: Paul Verhoeven

Share

25.000 acessos!

Vamos comemorar comendo um bolinho com Julia Child

Eis que na quarta-feira, dia 29 de maio, véspera de feriado, o Estante da Sala chega ao seu acesso número vinte e cinco mil! Eu sei que para a maioria das pessoas que têm blogs esse não é um número tão grande, mas eu considero bastante!

Quando comecei-o , em 2009, pretendia escrever sobre filmes, livros, jogos e receitas. Publiquei algumas receitas e dois comentários de filmes e acabei deixando ele de lado. Algum tempo depois ainda cheguei a escrever sobre o figurino de dois filmes, para depois abandoná-lo novamente por um bom tempo. Nesse meio tempo acabei utilizando o Twitter para fazer rápidos comentários sobre os filmes que havia assistido. No começo desse ano de 2013, resolvi organizar esses comentários e ao invés de postá-los no twitter, colocá-los em posts públicos em meu perfil do Google+. Percebi que essa era uma maneira ineficiente de lidar com os escritos, então resolvi voltar a esse bom e velho (e empoeirado) espaço. De lá pra cá, praticamente parei de jogar videogame, não tenho escrito muito sobre livros e resolvi não postar mais receitas, mas a ideia do blog permanece  a mesma.

Vou fazer uma retrospectiva dos posts que mais ajudaram nesse número. As receitas se saíram melhor por estarem a mais tempo no ar. Abaixo seguem os posts mais acessados.

Dez posts mais acessados desde o retorno do blog:

10º Duro de Matar

Hamlet

8º (empatados!) Oblivion , As Aventuras de Robin Hood e In The Flesh

7º A Princesa Prometida

6º As Aventuras de Pi

A Origem dos Guardiões

4º Gambá- Os Tambores da Floresta

3º Figurino: A Princesa Prometida

2º Mauss Segundo suas Alunas

1º Figurino: Django Livre

Por essa nem eu esperava! Acho que preciso escrever mais sobre figurinos, pelos visto.

Agradeço a todos que leem o Estante da Sala e espero que continuem acessando-o para que ele cresça ainda mais. Curtam a página no Facebook e comentem! 🙂

Obrigada!

Tintim!
Share