Estante da Sala

42ª Mostra de São Paulo- O Mau Exemplo de Cameron Post

Esta crítica faz parte da cobertura da 42ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, que ocorre entre 18 e 31 de outubro na cidade.  Em 1993, a jovem Cameron (interpretada por Chloe Grace Moretz) é flagrada por seu namorado ficando com sua melhor amiga. Órfã, ela é criada por uma tia conservadora, que resolve enviá-la a um acampamento chamado God’s Promise (Promessa de Deus) que tem por objetivo a prática de uma espécie de “cura LGBT” e que é coordenado pelo Reverendo Rick (John Gallagher Jr.). Em tempos em que os direitos assegurados por minorias sexuais  estão sendo ameaçados e,

Carrie, a Estranha (Carrie/ 2013)

Assistido em: 26/12/2013. Essa já é a quarta encarnação do livro de Stephen King que eu assisto (levando em conta A Maldição de Carrie, que tinha basicamente a mesma trama), e a segunda que eu vejo no cinema. Dessa vez a direção ficou por conta de  Kimberly Peirce. Essa versão de 2013 peca por não ter grandes momento dramáticos: nada na apresentação surpreende. A história é conhecida por todos: Carrie (Chloë Grace Moretz) é uma jovem de 18 anos que está concluindo o ensino médio e tem poderes telecinéticos. Ela é isolada dos demais no colégio e tem uma mãe (Julianne

Kick-Ass 2 (2013)

Assistido em 24/11/2013 Há três anos assistimos Kick-Ass e nos deparamos com a história de um super-herói por acaso e uma menina treinada desde muito pequena para aniquilar os bandidos. Pode não ter sido um grande filme, mas tinha um humor baseado nos absurdos de suas premissas, que funcionava caso nos abstraíssemos de questões maiores delineadas na trama. Três anos depois, Kick-Ass (Aaron Taylor-Johnson) está de volta, bem como a agora órfã Hit-Girl (Chloë Grace Moretz), mas nada mais funciona nessa sequência. O problema começa com a idade dos personagens: Hit-Girl não é mais uma garotinha, o que faz que