Estante da Sala

[44ª Mostra de São Paulo] Mar de Dentro

Esta crítica faz parte da cobertura da 44ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, que ocorre entre 22 de outubro e 4 de novembro em formato online. Manuela (Monica Iozzi) é uma mulher cuja vida é voltada para a carreira, em uma agência de publicidade, na cidade de São Paulo. O trabalho lhe garante uma situação financeira rara para a realidade brasileira. E lá também que começou a namorar com um colega de trabalho. Esse é o ponto de partida de Mar de Dentro, filme dirigido por Dainara Toffoli, que também assina o roteiro com Elaine Teixeira. Logo no

[44ª Mostra de São Paulo] Mosquito

Esta crítica faz parte da cobertura da 44ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, que ocorre entre 22 de outubro e 4 de novembro em formato online. A Europa está sob os holofotes durante a 1ª Guerra Mundial , mas na África, embora o conflito seja menos discutido (inclusive em obras cinematográficas), ele também se desenrola. O soldado Zacarias (João Nunes Monteiro), português de apenas 17 anos, desembarca em Moçambique para, junto com seus colegas, tentar evitar que as tropas alemãs ocupem e se apropriem daquele território. Só quem pode apropriá-lo é Portugal. Com roteiro de Fernanda Polacow e

[44ª Mostra de São Paulo] Miss Marx

Esta crítica faz parte da cobertura da 44ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, que ocorre entre 22 de outubro e 4 de novembro em formato online. Quando se fala da prole do filósofo Karl Marx, pouco se comenta para além do aspecto trágico de suas histórias. Sem fugir dessa faceta, a cineasta italiana Susanna Nicchiarelli, no entanto, busca em Eleanor (Tussy) Marx (Romola Garai) uma protagonista marcada por várias lutas. Miss Marx (2020) começa em 1883, no enterro de seu pai e se estende até 1898, com a sua própria morte. A trama começa nos apresentando a sua

[44ª Mostra de São Paulo] O Problema de Nascer

Esta crítica faz parte da cobertura da 44ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, que ocorre entre 22 de outubro e 4 de novembro em formato online. Elli (Lena Watson) é uma criança como outra qualquer, que anda pela floresta e sente o cheiro do mato e o chão molhado, no verão que começa. É também a responsável pela narração em off, que externa suas sensações. Ela pega um gafanhoto e o sente pular em sua mão e fugir. Está quente e ela e seu pai ficaram o dia todo fora de casa e a noite toda acordados e

[44ª Mostra de São Paulo] Cozinhar F*der Matar

Esta crítica faz parte da cobertura da 44ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, que ocorre entre 22 de outubro e 4 de novembro em formato online. O inusitado Cozinhar F*der Matar (Cook F**K Kill, 2019) começa com um coro de teatro grego composto apenas por mulheres, que conta, em uma espécie jogral, uma história sobre violência. Com isso o filme já escancara sua estrutura de tragédia (não sem uma dose de humor ácido), marcando a inevitabilidade da morte que recairá sobre o suposto herói. Com roteiro e direção de Mira Fornay, ele retrata o o motorista Jaroslav (Jaroslav

[44ª Mostra de São Paulo] Mães de Verdade

Esta crítica faz parte da cobertura da 44ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, que ocorre entre 22 de outubro e 4 de novembro em formato online. Depois dos irregulares Esplendor (Hikari, 2017) e Vision (2018), a premiada cineasta japonesa Naomi Kawase retoma um cinema tocante e poético com Mães de Verdade (Asa ga Kuru, 2020). O filme é baseado no romance de 2015 de Mizuki Tsujimura e a linguagem acessível, que já aparecia no doce Sabor da Vida (An, 2015), é utilizada em uma narrativa que reflete sobre a maternidade e suas muitas faces. Logo na sequência de

Aos Treze (2003)

Aos Treze (Thirteen, 2003) é o primeiro filme da diretora Catherine Hardwicke. A protagonista é a Tracy, também o primeiro papel de protagonista com destaque da Evan Rachel Wood. Ela é uma menina de 13 anos que começa a deixar suas amigas de lado para andar com uma outra menina popular da escola, a Evie (que é interpretada pela Nikki Reed, que escreveu o roteiro junto com a diretora). À partir daí começam uma série de mudanças de comportamento, do modo de vestir até a relação com a mãe, vivida pela Holly Hunter (que foi indicada ao Oscar pelo papel)