Filmes Assistidos em Julho

tokyo story

Nesse mês planejei assistir a alguns filmes japoneses que, vergonhosamente, ainda não havia visto. Acabou que vi menos deles do que esperava, mas ainda assim foi proveitoso. Foi um mês bastante atarefado, uma vez que passei pela qualificação no mestrado. No mais, assisti a alguns filmes nacionais para poder votar no Carlão (prêmio do cinema nacional da Liga dos Blogues Cinematográficos) de maneira mais segura e a Netflix continuou rendendo bastante. Como sempre, a avaliação dos filmes é meramente ilustrativa, refletindo apenas o momento atual. As notas são de zero a cinco estrelas. Seguem os filmes vistos:

 

Cinema Japonês:

Rashomon (1950) ★★★★½

Viver (Ikiru, 1952) ★★★★

Contos da Lua Vaga (Ugetsu, 1953) ★★★★

Era Uma Vez em Tóquio (Tôkyô monogatari, 1953) ★★★★★

Ervas Flutuantes (Ukikusa, 1959) ★★★★

Trono Manchado de Sangue (Kumonosu-jô, 1957) ★★★★★

A Rotina Tem Seu Encanto (Sanma no aji, 1962) ★★★★

O Conto da Princesa Kaguya (Kaguyahime no monogatari, 2013) ★★★★

 

Imagem-Violência:

Assassinos por Natureza (Natural Born Killers, 1994) ★★★★

Funny Games (1997) ★★★★★

 

Carlão:

Quando Eu Era Vivo (2014) ★★★★

O Menino e o Mundo (2013) ★★★★½

Avanti Popolo (2012) ★★

 

Curtas: 

Geometria (1987) ★★★½

A Gravata (La Cravate, 1957) ★★★

Próximo Piso (Next Floor, 2008) ★★★½

120 Seconds to Get Elected (2006) ★★★

Hércules (Herakles, 1962) ★★½

 

Demais:

 

Herói (Hero, 2002) ★★★★

Segunda Chance (En Chance Til, 2015) ★★★

The Runaways – Garotas do Rock (The Runaways, 2010) ★★★

Ata-me (Átame!, 1989) ★★★★

Margin Call – O Dia Antes do Fim (Margin Call, 2011) ★★★½

What Hapenned, Miss Simone? ★★★★

Velvet Goldmine (1998) ★★★★

Aristogatas (The AristoCats, 1970) ★★½

Grandes Olhos (Big Eyes, 2014) ★★½

Half of a Yellow Sun (2013) ★★★

Uma Nova Amiga (Une Nouvelle Amie, 2014) ★★★★

O Espetacular Homem-Aranha (The Amazing Spider-Man, 2012) ★★★½

Onde Vivem os Monstros (Where the Wild Things Are, 2009) ★★★★½

31 filmes assistidos

 

Share
Category: Cinema | Tags: ,