Tag Archives: listas

Filmes assistidos em Agosto

Mais um mês que se passa e a contagem de filmes está cada vez menor. Calhamaços e calhamaços de textos para serem lidos toda semana prejudicam minha cinefilia. Mas vou tentando como é possível. Além dos filmes abaixo também assisti aos seriados Hot Girls Wanted Turned On (que é bacana, mas menos interessante que o documentário que o originou) e The Fall (que faltava ver a 3ª temporada e é muito bom) e comecei a 5ª temporada de House of Cards. Aliás, se quiser me acompanhar no TV Time, rede social para logar seus seriados assistidos, deixo aqui o link. Esse mês, vergonhosamente, também não escrevi nada. Cheguei a salvar um rascunho sobre Dunkirk, mas viajei a um congresso no dia seguinte, fiquei duas semanas fora e agora acho que o interesse deve ter passado. No final, além do doutorado, só tenho conseguido me dedicar às pautas e gravações do Feito por Elas. Saudades disso aqui. Até o mês que vem! Espero que seja mais tranquilo!

52 Filmes por Mulheres:

Amelia (2009) ★★★½

Tempestade de Areia (Sufat Chol, 2016) ★★★★

A Vida Secreta das Abelhas (The Secret Life of Bees, 2008) ★★★

 

Sofia Coppola para Feito por Elas:

As Virgens Suicidas (The Virgin Suicides, 1999) ★★★★½

Encontros e Desencontros (Lost in Translation, 2003) ★★★★½

Maria Antonieta (Marie Antoinette, 2006) ★★★★

Um Lugar Qualquer (Somewhere, 2010) ★★★★

O Estranho que Nós Amamos (The Beguiled, 2017) ★★★★

 

Jocelyn Moorhouse para Feito por Elas: 

Colcha de Retalhos (How to Make an American Quilt, 1995) ★★★★

 

Documentários:

Finders Keepers (2015) ★★★

 

Lançamentos: 

It: A Coisa (It, 2017)

Fome de Poder (The Founder, 2016) ★★½

My Cousin Rachel (2017) ★★★½

 

Demais:

Juntos pelo Acaso (Life as We Know It, 2000) ★★

O Caçador (Chugyeogja, 2008) ★★★

Personal Shopper (2016) ★★★★

Eu vi o Diabo (Ang-ma-reul bo-at-da, 2010) ★★½

 

17 filme assistidos

Share
Category: Cinema | Tags: ,

Filmes Assistidos em Julho

Estou fora de casa, em um Seminário em Florianópolis e mais uma vez foi um mês fraco em quantidade de filmes, mas cheio de filmes dirigidos por mulheres. Com 10 meses da minha segunda rodada do desafio 52 Filmes por Mulheres (52 Films by Women), já a assisti 75 longas. Sem mais para o momento, só preciso dizer que quero férias!

52 Filmes por Mulheres:

Quase Dezoito (Edge of Seventeen, 2016) ★★★½

The Fits (2015) ★★★★½

Divinas Divas (2016) ★★★★

O Zoológico de Varsóvia (The Zookeeper’s Wife, 2017) ★★★

Mate-me Por Favor (2015) ★★★½

Precisamos Falar do Assédio (2016) ★★★½

To Walk Invisible: The Brontë Sisters (2016) ★★★★

 

Rita Azevedo Gomes para Feito por Elas:

O Som da Terra a Tremer (1990) ★★

Frágil Como o Mundo (2002) ★★★★½

A Vingança de Uma Mulher (2012) ★★★½

 

Jocelyn Moorhouse para Feito por Elas:

A Prova (Proof, 1991) ★★★½

 

Documentários:

Tickled (2016) ★★★½

 

Lançamentos:

Dunkirk (2017) ★★★★½

Em Ritmo de Fuga (Baby Driver, 2017) ★★★½

 

Demais:

O Homem Que Matou o Fascínora (The Man Who Shot Liberty Valance, 1962) ★★★★½

Neve Negra (Nieva Negra, 2017) ★★½

Funny Girl: A Garota Genial (Funny Girl, 1968) ★★★★½

O Homem Que Sabia de Menos (The Man Who Knew Too Little, 1997) ★★★

 

18 filmes assistidos

Share
Category: Cinema | Tags: ,

Dicas Netflix Julho

 

 

 

 

 

 

 

 

Como toda primeira sexta-feira do mês e antes tarde do que nunca chegou a hora de indicar filmes “em cartaz” na Netflix. A maior parte deles entrou para o catálogo no último mês, mas tem outros que estão há mais tempo também. Como sempre, os links nos títulos já levam diretamente para o filme no serviço.

Spartacus: clássico sandália e espada dirigido por Stanley Kubrick e estrelado por Kirk Douglas.

Spartacus (1960)

Um Estranho no Ninho (One Flew Over the Cuckoo’s Nest, 1975)

Enquanto Você Dormia (While You Were Sleeping, 1995)

Direito de Amar: drama com Colin Firth e Julianne Moore e a direção elegante (sem trocadilhos) de Tom Ford

Gangues de Nova York (Gangs of New York, 2002)

Direito de Amar (A Single Man, 2009)

Inside Llewyn Davis- Balada de um Homem Comum (Inside Llwyn Davis, 2013)

Dirigido por Ava DuVernay, Selma retrata parte da vida de Martin Luther King Jr. na época da marcha de Selma a Montgomery.

Selma: Uma Luta pela Igualdade  (Selma, 2014).

Dois Lados do Amor (The Disappearance of Eleanor Rigby, 2014)

Malévola (Maleficent, 2014). Escrevi sobre o filme aqui e aqui.

Dentre os filmes recentes de zumbi, esse coreano é bastante tenso e muito satisfatório.

Invasão Zumbi (Train to Busan, 2016)

Jackie (2016)

Okja (2017)

Bons filmes e até mês que vem!

Share
Category: Cinema | Tags: , ,

Filmes assistidos em Junho

Mais um mês que se passou e estamos na metade do ano. Agora é oficial, com o doutorado não vou conseguir manter o ritmo de filmes assistidos que conseguia no mestrado. Para quem chegou aqui agora, recomendo me acompanhar também no letterboxd. A lista abaixo, como sempre, traz o filmes separados por temas e com avaliações subjetivas, que refletem apenas o momento em que dei a nota.

 

52 Filmes por Mulheres:

Divinas (Divines, 2016) ★★★½

Mulher do Pai (2016) ★★★½

Gatos, o Filme (Kedi, 2016) ★★★½

 

Patty Jenkins para Feito por Elas:

Monster- Desejo Assassino (Monster, 2003) ★★★½

 

Nadine Labaki para Feito por Elas: 

Caramelo (Sukkar banat, 2007) ★★★½

E Agora, Onde Vamos? (Et maintenant on va où?, 2011) ★★★½

Rio, Eu Te Amo (Rio, I Love You, 2014) ★

 

Lançamentos:

Colossal (2016) ★★★★

Okja (2017) ★★★★

 

Demais:

Bem-vindo à Marly-Gomont (Bienvenue à Marly-Gomont, 2016) ★★★

A Última Gargalhada (Der letzte Mann, 1924) ★★★½

Vida (Life, 2017) ★★★

O Estranho que Nós Amamos (The Beguiled, 1971) ★★★★

 

13 filmes assistidos

Share
Category: Cinema | Tags: ,

Dicas Netflix Junho

Primeira sexta do mês, dia de separar alguns filmes para assistir pelas próximas semanas. Alguns filmes bacanas entraram no catálogo da Netflix nos últimos dias e somei a eles outros que já estavam lá. Como Sempre, no título já está o link que leva diretamente ao serviço de streaming. (Yara, te dedico!)

Frida, dirigido por Julie Taymor, mostra a vida da famosa pintora mexicana

Mudança de Hábito (Sister Act,1992)

Os Outros (The Others, 2001)

Frida (2002)

Mommy, filme do polêmico diretor Xavier Dolan

Toy Story 3 (2010)

Os Suspeitos (Prisoners, 2012)

Mommy (2014)

Sete Minutos Depois da Meia-Noite, dirigido por Juan Antonio Bayona, é um filme bonito que trata de crescimento e perda e passou quase batido nos cinemas

Weiner (2016)

Sete Minutos Depois da Meia Noite (A Monster Calls, 2016)

Divinas (Divines, 2016)

Dirigido por Barry Jenkins, o emocionante Moonlight foi o grande vencedor do Oscar desse ano e tem uma fotografia belíssima

Lion- Uma Jornada Para Casa (Lion, 2016)

Moonlight- Sob a Luz do Luar (Moonlight, 2016)

Laerte-se (2017)

Laerte-se é um documentário baseado em entrevistas com a cartunista, tão interessante quanto sua personagem e dirigido por Eliane Brum e Lygia Barbosa da Silva

Bons filmes e até mês que vem!

 

 

Share
Category: Cinema | Tags: ,