In the Flesh

Recomendo muito essa minissérie em três episódios produzida pela BBC. In The Flesh é uma história de zumbis. Recentemente havia falado que não queria mais ver nada com eles, devido ao excesso de material pós Walking Dead relacionado à temática. Mas após ler alguns comentários positivos sobre essa, resolvi arriscar. E fiz bem. Não se trata da abordagem convencional: aqui os zumbis são tratados como doentes, portadores da chamada PDS (Partially Deceased Syndrome, ou Síndrome do Parcialmente Morto). Eles passam por um tratamento com injeções diárias e o governo está devolvendo-os para suas comunidades. Precisam usar lentes de contato e maquiagem para que as pessoas não estranhem sua aparência. Acontece que com tantas mortes e estragos por eles causados, há temor, desconfiança e mesmo hostilidade aberta. Na época do levante dos zumbis, grupos de pessoas formaram a  HVF (Human Volunteer Force, Força Voluntária Humana), para caçá-los. O protagonista, Kieran Walker, retorna a casa de seus pais e tem que lidar com as memórias de seu período não tratado que estão voltando gradualmente. Além disso, sua irmã mais nova, Jem, é integrante do HVF local. Logo ele descobre que não é seguro para ele sequer sair de casa. É muito interessante como a trama traça paralelos entre os zumbis e minorias oprimidas. Ao invés dos habituais tiroteios temos aqui enfrentamentos mais psicológicos. A série é muito boa e a única pena é que são apenas três episódios, com final fechado e ainda sem confirmação de uma possível segunda temporada.

Category: Televisão | Tags: ,