Melhores Filmes de 2014

Essa lista deu trabalho. Comecei com a ideia de mencionar 10 filmes, mas não consegui fechar neles. Ampliei para 15 e ainda senti culpa por alguns filmes terem ficado de fora. Foi, então, para 20, afinal, como escrevi na de melhores descobertas do ano, a lista é minha. Ainda fico em dúvida se os últimos listados são os melhores mesmo, já que posições ficaram mudando o tempo todo enquanto tentava elaborá-la. Outros filmes que gostei e alguns guilty pleasures ficaram de fora. Por esse motivo não estou colocando-os de forma ranqueada. Apesar disso considero as cinco primeiras colocações fixas; apenas as demais não devem ser entendidas de forma literal. Foi levada em conta a data de lançamento comercial no Brasil, por isso há alguns filmes do ano passado e coloco, também, a avaliação que dei quando assisti, de zero até cinco estrelas. Muitos filmes bem criticados não chegaram a Manaus e não tive como assisti-los, como Relatos Selvagens e O Abutre. Talvez isso tenha facilitado meu trabalho.

Posso destacar as atuações das atrizes Tilda Swinton, presente em três filmes dessa lista (Amantes Eternos, O Grande Hotel Budapeste e Expresso do Amanhã), Scarlett Johansson, em 2 (Ela e Sob a Pele) e Mia Wasikowska (Segredos de Sangue e Amantes Eternos).

Filmes sobre os quais eu escrevi algo aqui no blog tem o link em seu título (alguns possuem mais de uma postagem). Para acessar a lista dos melhores filmes vistos no ano passado, clique aqui. Para ver a versão dessa lista no Letterboxd, acesse aqui. Segue a lista:

boyhood

Boyhood- Da Infância à Juventude (Boyhood, 2014)

Direção: Richard Linklater

★★★★★

Entraria para a lista apenas pela sua execução magistral ao longo de 12 anos, mas também é um filme emocionante sobre crescimento, família e a passagem do tempo. Tecnicamente é impecável.

gone girl

Garota Exemplar (Gone Girl, 2014)

Direção: David Fincher

★★★★★

Sem dúvida esse foi o filme mais instigante do ano para mim. Intenso e bem dirigido, acabei descontando meia estrela de sua nota por aspectos de gênero que me incomodaram  (expliquei no texto a seu respeito). Mas, fora isso, é uma obra absolutamente fascinante.

tatuagem_poster

Tatuagem (2013)

Direção: Hilton Lacerda

★★★★★

Sei que para a maioria das pessoas Tatuagem pertenceu à lista de 2013, mas só estreou em Manaus em março desse ano, depois de muita campanha pedindo por isso. E o filme é apaixonante.

kinopoisk.ru

Amantes Eternos (Only Lovers Left Alive, 2013)

Direção: Jim Jarmusch

★★★★★

Vampiros: bonitos, antigos, sedutores, amantes das artes. Atores fantásticos. O clima do filme suga o espectador e é impossível não gostar da experiência.

Nebraska

Nabraska (2013)

Direção: Alexander Payne

★★★★★

Com uma bela fotografia em preto e branco, um drama familiar na estrada, que mexe com nossas emoções a respeito do envelhecimento e relações entre pais e filhos.

The-Wolf-of-Wall-Street-Movie-Poster

O Lobo de Wall Street (The Wolf of Wall Street, 2013)

Direção: Martin Scorsese

★★★★1/2

Scorsese afiado em uma comédia exagerada em todos os melhores sentidos possíveis. De vez em quando me pego rindo sozinha lembrando de certa cena do filme e isso só pode ser bom.

her

Ela (Her, 2013)

Direção: Spike Jonze

★★★★

Joaquim Phoenix com ótima atuação, direção de arte competente, música bonita e uma história com coração, que aborda temas e reflexões extremamente contemporâneos.

GOTG_Payoff_1-Sht_v4b_Lg

Guardiões da Galáxia (Guardians of the Galaxy, 2014)

Direção: James Gunn

★★★★★

Eu não costumo ter grande apreço por filmes de super heróis, especialmente agora, nessa última década, em que eles se levam a sério demais. Mas me diverti genuinamente com este, que tem um espírito de aventura oitentista, a começar pela abertura que remete a Indiana Jones e me fisgou logo de começo. Tem problemas, tem representações de gênero questionáveis, mas cumpre sua função escapista.

x_men_days_of_future_past_2014_poster_wallpaper_high_resolution_for_download

X-Men: Dias de um Futuro Esquecido (X-Men: Days of Future Past, 2014)

Direção: Bryan Singer

★★★★1/2

Meu ponto fraco em termos de super heróis é justamente X-Men, com seu subtexto de comentários sociais não muito sutil, mas pelo menos interessante. Essa sequência, ainda no passado, continuou o bom serviço feito em Primeira Classe.

all-is-lost

Até o fim (All is Lost, 2013)

Direção: J.C. Chandor

★★★★1/2

Tour de force da atuação de Robert Redford.

grand_budapest_hotel

O Grande Hotel Budapeste (The Grand Budapest Hotel, 2014)

Direção: Wes Anderson

★★★★

Tenho minhas implicâncias com a estética de Wes Anderson, mas seu estilo está mais maduro e o filme é gostoso de assistir.

stoker

Segredos de Sangue (Stoker, 2013)

Direção: Park Chan-wook

★★★★

Sim, o roteiro é raso. Mas nas mãos do diretor se torna uma obra com direção de arte fantástica e imagens que impressionam tanto que no final nada mais importa.

Snowpiercer-Poster

Expresso do Amanhã (Snowpiercer, 2013)

Direção: Joon-ho Bong

★★★★1/2

A premissa é absurda, mas a suspensão de descrença funciona durante a todo o filme. Joon-ho Bong, assim como seu compatriota de Segredos de Sangue, consegue transformar um roteiro não muito denso em uma experiência visual interessante.

Obs: Lançado apenas em 2015.

oloboatrasdaportap

O Lobo Atrás da Porta (2013)

Direção: Fernando Coimbra

★★★★

É muito bom ver um ótimo filme nacional de gênero. Esse suspense subverte as expectativas de quem o vê e tem um final impactante.

under_the_skin_3

Sob a Pele (Under the Skin, 2013)

Direção: Jonathan Glazer

★★★★

Hipnotizante e intrigante.

inside-llewyn-davis-final-poster

Inside Llewyn Davis: Balada de um Homem Comum (Inside Llewyn Davis, 2013)

Direção: Ethan e Joel Coen

★★★★

Não considero um dos melhores dos irmãos Coen, mas mesmo um filme mediano deles é um ótimo filme.

the-babadook-poster

The Babadook (2014)

Direção: Jennifer Kent

★★★★

Linda fotografia, atuação intensa da dupla de protagonistas e uma trama psicológica sobre luto que foi muito bem trabalhada. Destaque para a diretora, pois é seu primeiro trabalho.

Obs: lançado apenas em 2015.

hoje eu quero voltar sozinho

Hoje Eu Quero Voltar Sozinho (2014)

Direção: Daniel Ribeiro

★★★★

Uma história leve de crescimento e amor, tingida em tons pastel que contrastam com a fase da vida retratada, geralmente tão conturbada. É difícil não se colocar no lugar dos personagens e não lembrar das próprias vivências de adolescência. A delicadeza da execução é simplesmente linda.

enemy

O Homem Duplicado (Enemy, 2013)

Direção:Denis Villeneuve

★★★★

Jake Gyllenhaal em mais uma atuação impecável nesse filme adaptado da obra de José Saramago, que funciona como uma parábola sobre controle e liberdade dentro de um relacionamento.

a most wanted man

O Homem Mais Procurado (A Most Wanted Men, 2014)

Direção: Anton Corbijn

★★★★

A atmosfera do filme é tão soturna que parece que tudo se passa na Guerra Fria. (Lembrou-me de O Espião que Sabia Demais). Na verdade é uma história contemporânea e repleta de tensão. Phillip Seymour Hoffman se despede com uma atuação à altura de sua carreira. E a última sequência do filme é memorável. ida-poster01

Ida (2014)

Direção: Paweł Pawlikowski

★★★★

Assisti a esse filme no finalzinho de dezembro e gostei tanto acabei precisando coloca-lo como uma 21ª menção. Possivelmente com mais tempo para refletir sobre ele, subiria algumas posições.

 

Share
  • Faltou Mommy entre os melhores. O Lobo de Wall Street e Nebraska são maravilhosos – gosto muito de Ela, apesar de achar um tanto frio e distante do espectador – o climaz de Enemy e Under the Skin é incomparaval … muito bons.

    RunAwards.
    runawards.wordpress.com

    • Isabel Wittmann

      Realmente , Chrostoffer, não tive como avaliar Mommy. É mais um que eu incluiria entre aqueles bem falados que não chegaram aqui e não tive acesso. E Ela é mesmo emocionalmente um pouco frio, mas ainda assim é muito bonito. 🙂