Estante da Sala

Orgulho e Esperança (Pride, 2014)

Não pretendia escrever sobre esse filme aqui no blog, uma vez que já o havia feito em poucas palavras no Letterboxd, mas mudei de ideia. Esse é um filme que merece ser falado e espalhado. Não é que seja uma obra-prima ou que vá deixar o espectador sem ar diante de sua técnica impecável: é que trata-se de uma obra necessário, que introjeta otimismo em quem o assiste.

A trama é baseada em uma história que ocorreu no Reino Unido em 1984: os mineradores do País de Gales entraram em greve por melhores condições de trabalho e tiveram seu salários cortados. As famílias não tinham como se sustentar e receberam ajuda inesperada de um grupo de jovens londrinos intitulados Lesbians and Gays Support the Miners (Lésbicas e Gays Apoiam os Mineiros), que fizeram campanhas de arrecadação de dinheiro para ajudar os trabalhadores e suas famílias. Para além dos estranhamento inicial que partiu destas, houve o discurso de que estavam unidos nas dificuldades, uma vez que ambos os grupos eram alvos de violência policial e de repressão do governo Tatcher.

A película dirigida por Matthew Warchus se destaca pela simpatia do próprio material de origem e pelas boas atuações de nomes conhecidos do cinema britânico, como Imelda Staunton, Bill Nighy e Andrew Scott; aliados a atores mais jovens, mas também competentes. Mas o que realmente encanta em Pride é o otimismo com que a história se desenrola e a visão tão bonita de que união e solidariedade sempre podem trazer grandes benefícios para a luta por igualdade em nosso meio social.

PRIDE-Final-Poster1

Share

5 thoughts on “Orgulho e Esperança (Pride, 2014)

  1. Based on my research, after a in foreclosure home is available at a bidding, it is common to the borrower to still have some sort ofthat remaining unpaid debt on the loan. There are many lenders who try to have all charges and liens paid by the subsequent buyer. On the other hand, depending on selected programs, laws, and state regulations there may be quite a few loans which aren’t easily handled through the shift of financial products. Therefore, the obligation still lies on the lender that has acquired his or her property foreclosed on. Thank you sharing your notions on this website.

  2. F*ckin?amazing things here. I am very glad to see your post. Thanks a lot and i am looking forward to contact you. Will you kindly drop me a mail?

Leave a Reply

Your email address will not be published.